Privatização da Petrobrás, a chamada “Privatização branca”. Entenda porque vender não é a solução:

Primeiro o óbvio: O petróleo é nosso! A Petrobrás investiu muito em pesquisas para achar nossas reservas, se ela for privatizada, todo o dinheiro gasto será em vão! É um privilégio do povo ter uma empresa tão grande e competitiva como uma estatal.

Falando em profissionais, a Petrobrás é a empresa que mais contrata serviços em nosso país, gerando muitos empregos. Se privatizada, este índice cairá, já que as empresas privadas se preocupam apenas com o lucro. Se tratando de funcionários, os nossos petroleiros são altamente qualificados e recebem de acordo com o que produzem.

PRÉ-SAL: Este é um fator de extrema importância, já que o pré-sal deve custear os avanços importantes na educação e em diversos serviços públicos para toda a população brasileira.

Fique de olho na inflação! Acha que ela está alta agora? Vai subir mais, pois como a Petrobrás tem influência no governo, o mesmo pode impedir as subidas nos preços dos combustíveis, por exemplo. Subsidiárias como a Liquigás foram responsáveis pela entrada de regiões do norte no século XXI. Se não houvesse produção estatal de gás e regulação dos preços, o norte brasileiro continuaria cozinhando no fogão a lenha. Só utilizando esse exemplo, podemos ver que a chegada do gás de cozinha criou demanda para a venda de fogões a gás. Que criou demanda para produção de peças, que criou demanda para produção de aço. Logo somente essa subsidiária da Petrobrás conseguiu aquecer diversos setores da economia enquanto melhorava a vida do brasileiro interiorano.

Entendeu por qual motivo é chamada de “privatização branca”? Defende apenas os interesses dos mais poderosos e traz apenas benefícios de curto prazo. Tudo o que já foi investido não merece ser perdido agora!

 

Privatizar faz mal ao Brasil!